Unicidade

13 de março de 2017

unicidade
  1. substantivo feminino
    qualidade ou estado de ser único; singularidade.

    Todos nós que estamos no caminho do autoconhecimento (ou ainda melhor, no caminho do autodescobrimento), buscamos a integração absoluta com aquilo que acreditamos ser a Força máxima que rege o Universo…

    Em outras palavras queremos a Integração Total com Deus, com a Fonte, com o próprio Universo, com o Grande Espírito, com o Sagrado, com o Divino. A nomenclatura aqui é o que menos importa… Cada um busca, dentro do seu caminho, esta transcendência do nosso estado corriqueiro, para um estado de Entrega Total, onde poderemos ser Um com nosso Criador, ser Um com o Silêncio Absoluto, Um com o Om que vibra em todo Universo.

    Todo este processo parece ser válido, parece ser necessário para que possamos experimentar a verdadeira Felicidade, a verdadeira Paz, o Êxtase Supremo.

    Como este caminho parece ser longo já que muitos estão a anos nesta busca, podemos entender que cada pessoa está em um ponto variado deste mesmo caminho, trazendo consigo suas experiências, suas percepções e suas crenças.

    Então deixo aqui duas dicas para reflexão que podem, para alguns, ajudar a trazer mais clareza e compreensão sobre este caminhar.

    1) Para experimentarmos esta Unicidade, para transitarmos por ela e por fim, para incorporá-la em nossa Vida, é necessário limpar todos os conceitos e ideias que tenham em sua base a fragmentação, a separação, a dualidade. Não é possível Sermos Um com Deus, Ser Um com o Universo, se insistimos e acreditamos nas ideias separatistas, nas crenças fragmentadas, na visão dual onde a parte é uma realidade, estaremos continua e insistentemente indo contra aquilo que mais buscamos, que mais queremos!

    2) Não há nada a se buscar… Nós já Somos Um com o que entendemos ser de mais Sagrado na Vida… A sensação de separação só existe porque carregamos e validamos os conceitos citados acima. Estes conceitos somados a uma mente inquieta, cheia de ruídos, cheia de crenças, cheia de opiniões sobre tudo é que não permite percebemos Aquilo que já É, que sempre Foi e sempre Será: A Integração com a Fonte está acontecendo bem Aqui-Agora, sempre! Nossa mente, nossas crenças, nossa busca é que não nos permite encontrar e vivenciar esta Unicidade.Sim… A busca é parte integrante do equívoco que nos leva à Ilusão!

    Um

    Ao limparmos nossa mente de conceitos fragmentados e a aquietarmos, poderemos finalmente encontrar algo que sempre esteve acessível, que nunca esteve fora, que nunca esteve ausente. Encontramos a Unicidade onde ela sempre está… No momento presente! Simples assim…

    As pessoas acreditam que precisam de mil e uma coisas para se encontrar com Deus, com a Fonte, com o Sagrado… Que precisam de gurus para apontar o caminho, de mestres e sua sabedoria, de terapias com suas análises, de cursos e palestras que revelem segredos milenares, de livros que mostram o caminho místico, e por fim se encantam com artefatos ditos mágicos e de poder que lhe ajudariam a encontrar o caminho, ou a se manter nele, quando na mais pura e simples realidade, a única coisa que precisamos é Presença!

    Com Presença temos Tudo!
    Sem Presença temos apenas distrações…

    O quanto realmente queremos a Unicidade, a Integração, o Verdadeiro Encontro, e o quanto queremos apenas continuar carregando nossas crenças fragmentadas e nos distraindo com o ilusório caminho?

    Reflita e responda para você mesmo! 🙂

    Abstract Meditation Spiritualism Concept

Anúncios

Linhas e caminhos…

29 de janeiro de 2016

Para aqueles que estão na busca de respostas, do autoconhecimento, ou como gosto de dizer, em busca do autodescobrimento, existem infinitas formas de se trabalhar para chegarmos a resultados dos mais diversos, alguns sendo muito interessantes, ricos e muitas vezes transformadores.
Os caminhos são muitos, mas podemos reduzir, em um primeiro momento, em 04 linhas básicas, que se dividem em: religiosas, terapêuticas, filosóficas e experimentais.
Dentro deste Universo de possibilidades, inúmeras na verdade (impossível de citar ou até mesmo conhecer a todas), vale ressaltar que independente da forma com a qual estas linhas são conduzidas, a sua base, o seu enfoque fica restrito a apenas 02 possibilidades.
Explico;
Ou o enfoque será trabalhar o seu Ego, a sua Personagem, as suas relações com você mesmo e com o Mundo, a sua história… E você certamente vai encontrar um leque de opções que reverberarão positivamente (umas mais, outras menos) no seu dia a dia, lhe fazendo uma pessoa melhor em vários sentidos…
Ou o enfoque será trabalhar a transcendência do seu Ego, da sua Personagem, da sua historinha que você acredita ser… Nesta proposta, a ideia não é arrumar a casa… A ideia é destruir a casa e construir uma nova…
As diferenças são claras… Enquanto uma busca melhorar o modelo, a outra busca desconstruir o modelo para construir um modelo novo.
Qual o melhor?
Isso vai depender do objetivo de cada um, o quanto a pessoa esta realmente satisfeita com os seus resultados e também do momento que cada um estiver vivendo…
Tudo são processos e como tal, servem de aprendizado para novos desafios…
Mas importante perceber a diferença entre estas linhas, para não colocarmos tudo em um mesmo patamar… Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa! 🙂
Colocar tudo dentro de um mesmo nível, é desconsiderar a essência de onde cada uma se propõe a trabalhar, e com isso, o equívoco certamente se apresenta!
Saber discernir entre uma coisa e outra é fundamental para podermos entender melhor onde estamos, o que queremos e para onde vamos!

Aviso importante…

1 de agosto de 2014

Olá…

Bom te ver por aqui…

Faz tempo que você não nos visita? Faz tempo que não navega um pouco dentro do blog? Nunca navegou?!?!?!

Puxa Vida….

Navegou algumas vezes, mas não tem tido tempo ultimamente…

Sei…

Ficar no Facebook vendo foto de gatos e cachorros dá tempo né… Curtindo aquelas frases feitas, impactantes, mas que depois de 2 minutos você já esqueceu porque já está curtindo outra que também parece super interessante… Tá certo! 🙂

Vamos fazer um trato…

Continua no Face… é divertido, é bacana… Quer ficar no Instagram também… Sem problema… No orkut??? Ai não… esse já não existe mais… rs

Continue nas redes sociais, mas abra 10 minutos do seu dia… Isso… 10 minutinhos apenas, para navegar no Blog…

O conteúdo é super variado, rico, cheio de sacações bacanas que podem te ajudar a olhar a Vida sobre outros aspectos… Te trazer algumas compreensões… Ou pelo menos te dar um conceito diferente daquele que você trás e dá como verdade absoluta… Um conceito diferente pode instigar o questionamento, que pode te dar outras respostas, que geram outras atitudes e por fim te darão outros resultados… Sair da zona de conforto…

10 minutinho apenas, todo dia… Sim todo dia pois o compromisso com você mesmo é fundamental! Sempre!!!

Gostou de alguma coisa; comente, curta, elogie… Não gostou; comente do mesmo jeito! Não entendeu; questione, pergunte, se posicione…

Quem sabe assumindo este compromisso, novas oportunidades apareçam… novas ideias… novas percepções…

Não está a fim… Tudo bem… Talvez este não seja seu momento… está tudo certo!

Está afim, então vamos fundo neste processo… mergulhar de cabeça (e coração)… Com vontade… Com muita vontade!

Está aqui ainda??? Vai logo… tem textos, vídeos, música, dicas de cinema, de livros, provérbios, entrevistas… Tudo a sua disposição… Vai explorar…

São anos de coleta e reflexão para poder disponibilizar o que de melhor existe por ai… e por aqui… rs

Vai…

Está ai ainda???

Desisto… 😦

 

 

Onde estar?

17 de agosto de 2013

Onde você gostaria de estar, nem sempre é onde você precisa estar…
Onde sua mente acha que você deva estar, necessariamente não é o local onde seu coração carece estar!
A lógica pode lhe dar mil e um argumentos e justificativas para te dizer que você deve estar em um determinado lugar, seu coração vai apenas sentir onde está a Paz necessária e lá se aconchegar!
Existe o caminho fácil e o caminho certo!
O fácil é sempre o oposto de onde encontraremos nossas respostas…
O certo é aquele que nossa mente encontra desculpas para não estar, porque é mais trabalhoso, mais exigente, muito mais profundo!

Quando a mente está inquieta, o ruído prevalece, a correria é extrema, o cansaço se apodera, a desatenção toma conta, acidentes e incidentes povoam nosso dia a dia e a escassez se apresenta!

Quando aquietamos a mente verdadeiramente, lembramos da nossa conexão com a Fonte, onde encontramos a Sabedoria, a Força, a Energia para transformarmos nossas Vidas!

Quando Compreendemos, não há briga, não se gera atrito, simplesmente se segue o Fluxo, estamos onde a Vida clama, onde as respostas se apresentam antes mesmo das perguntas…

Estamos em Harmonia coma Vida! Estamos Felizes por Simplesmente Estar! Estamos com o coração Pleno, agradecendo antes mesmo de chegar, porque neste ponto, o lugar não faz mais diferença!

Neste momento, Somos!

 

Deuses e Demônios

4 de agosto de 2013

“O homem contemporâneo paga o preço de uma incrível falta de introspecção!
Não consegue perceber que, apesar de toda a sua racionalização e eficiência, continua à mercê de “forças” fora do seu controle.
Seus deuses e demônios absolutamente não desapareceram; tem apenas novos nomes. E o conservam em contato íntimo com a inquietude, com apreensões vagas, com complicações psicológicas, com uma insaciável necessidade de pílulas, álcool, fumo, alimento e, acima de tudo, com uma enorme coleção de neuroses!”

Carl G. Jung
O Homem e seus símbolos

Simples assim…

29 de julho de 2013

“QUANDO VOCÊ REZA, DEUS ESCUTA. QUANDO VOCÊ MEDITA, DEUS RESPONDE!!!”

 

Belíssimo!

28 de junho de 2013